segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Poema - Se tivesse dado certo

A gente chegou tão perto...
Como seria as nossas vidas,
Se tivesse dado certo?

Quando o nosso amor chegou,
Achei que fosse durar
Mas ele logo acabou.

Por que o amor tem esse lado complicado, se ao meu lado
Você seria tão amado?
Por que tivemos que adiar o nosso fim, se eu queria
Ter você só pra mim?

Já tá tarde, eu sei, mas eu queria te chamar,
Senta aqui, do meu lado, vem comigo conversar.
Que saudade dos teus olhos, do teu cheiro, teu calor,
Sei que não durou muito, mas também sei que foi amor.

Agora estamos distantes,
Mas, apesar de tudo isso,
Eu penso em ti a todo instante.

E eu nem sei se ainda há tempo, para abrir meu coração e te colocar aqui dentro.

Eu espero que um dia,
Você seja, outra vez,
O motivo da minha alegria.

_____________________
Ooi meus amores, tudo bem? Resolvi me arriscar na poesia, e esse foi o resultado. Aprovado? Haha. Espero que tenham gostado! ❤
_____________________
Fiquem com Deus, beijo bem grande! ❤

domingo, 1 de janeiro de 2017

Bem-vindo, 2017!

Ontem, pouco antes da meia-noite, senti um frio na barriga. Algo diferente. Uma ansiedade tomando conta e eu só queria olhar pro céu e sorrir.

Era 00:00 quando ouvi os fogos. Naquele momento, em silêncio, pedi pra Deus cuidar do meu ano. Da minha vida. Olhei pro lado e vi tanta gente sorrir. Eu estava cercada de pessoas que eu amo e a única palavra que definia aquele momento era: GRATIDÃO!

Agradeço ao Pai por tudo o que me deu nesse 2016 tão confuso, e, ao mesmo tempo, tão incrível. 2017 é um desconhecido ainda, mas quero descobrir o que ele guarda pra mim. Uma dia de cada vez, uma página atrás da outra.

Eu decidi deixar pra trás, junto com o ano que se foi, tudo aquilo que me feriu. Entreguei nas mãos de Deus cada pessoa que me magoou, e pedi perdão por cada pessoa que feri, afinal, não fui perfeita.

Desejei mentalmente, um feliz ano novo pra cada pessoa que não estava comigo naquele momento. Lembrei de cada nome, cada rosto. Sorri várias vezes no meu canto e confesso que até quis chorar. Finais não são fáceis pra mim, até mesmo o final de um ano que me desafiou.

2016 não foi fácil. Eu caí. Chorei muito. Escrevi sobre meus sentimentos. Vi pessoas queridas partirem sem motivo, e outras indo embora por alguns porquês bobos. Sorri até doer a bochecha e ri até faltar o ar. Sonhei. Deixei alguns sonhos de lado. Me afastei de Deus,e depois, voltei correndo sentindo Sua imensa falta. Eu cresci. Amadureci uns tantos a mais. Amei infindamente tantas pessoas... Que ano! Desafiador, inesperado. Mas agora, nada mais é do que passado. E esse presente que ganhamos agora, já está planejado por Deus. E quando eu entendi isso, não ansiei por mais nada. Apenas sorri, grata, por saber que o Pai guiará os meus passos, e eu irei segurar sua mão. Bem firme.

Rabisquei alguns sonhos num pedaço de papel, dobrei e deixei com Deus. Ele sim, vai realizar aquilo que Ele achar melhor pra mim.

2017 chegou, finalmente! Que Deus te guie nessa nova jornada e que você tenha fé e determinação para ir atrás dos seus sonhos, mas lembre-se: tudo o que tu conquistar será por vontade dEle! Não te desespera.

Que teu novo ano seja repleto de amor, paz, conquistas, vitórias inacabáveis, felicidades, sorrisos, boas histórias para contar.

Obrigada por estarem comigo.
Fiquem com Deus.
Beijo bem grande! ❤

- Rayanne Braga e equipe do Escritas Intermináveis. -

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Carta aleatória

De todos os amores, o nosso era o mais incerto. O que mais feria. O que mais acabava. O que mais doía. E por ironia, ou qualquer outra coisa, era o que mais fazia falta.

Você tem um jeito único e conseguiu deixar uma marca que ninguém, nunca, conseguiu deixar até hoje. Não importa o tanto que passava o tempo, era fácil recordar você.

Tudo continuou guardado nas lembranças e parece não ter fim essa vontade e ter você aqui, pra sempre. E apesar de todos os problemas aqui do lado de fora, eu sempre quero correr pra dentro do seu abraço.

Você é magia. É aquele frio na barriga de uma visita pela primeira vez. Você foi a tinta mais forte que o destino usou pra pintar meu sorriso bobo. Ah, cara... Tu foi demais!

Seria pedir demais que os ventos te trouxessem pra mim, novamente? Mas que depois disso, eles parem. Para que você não vá.

Nunca mais.

__________________
Fiquem com Deus. Beijo grande! ❤

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Aconteceu

Alguém apareceu na sua vida e conseguiu chegar onde eu não pude. Ela foi a garota de sorte. E agora, estou vendo de longe você ter dela tudo aquilo que eu quis pra você.

Há um tempo, escrevi pra você e disse que se alguma garota tivesse a chance de entrar na sua vida, que ela pudesse fazer isso de verdade e derreter o gelo que havia no seu coração. E ela conseguiu.

O que fere em mim, é saber que eu queria tudo isso e você não me deu uma chance sequer. Mas eu te entendo, eu também não entregaria meu coração assim, tão fácil. Mas eu só queria te fazer feliz, viu?

Eu que sempre fui de trancar meu coração, deixei ele correr solto quando você chegou. E agora, toda vez que eu lembro que senti tanto por nós dois, me dá um nó na garganta e agora eu vejo que perdi minha chance de ter você, e pior que tudo isso, é que você não me deu essa chance.

Hoje me disseram que você está namorando. Encontrou a pessoa que fez seu coração derreter todo. Que agora está ao teu lado, te vendo sorrir e te cuidando. Coisas que eu quis, e até tentei fazer por você, mas não pude. Você não quis isso de mim. E agora estou aqui escrevendo tudo isso pra ti, enquanto seguras a mão de outra. Mas tudo bem. Apesar da dor, te desejo o dobro dessa felicidade que sente agora e fico feliz em saber que ela derrubou cada tijolinho desse muro que você tinha ao redor do seu coração.

Nas histórias de amores não correspondidos, alguém sempre sai ferido. E novamente, fui eu.

Segue tua vida com ela.
Daqui a pouco, vou embora, também.

______________________
Fiquem com Deus. Beijo grande. ❤